domingo, 23 de dezembro de 2007

Diário de Portugal

Começarei então por meus cadernos afetivos...

Este é meu diário de viagem a Portugal. Foi costurado lá mesmo, em Cascais, onde morei. Isso foi em 2003. A capa é de um papel artesanal encontrado só lá, de algodão, com folhas e flores secas no interior, comprado na papelaria Fernandes, em Lisboa.


Ele registra as viagens que fiz pela região de Lisboa (Sintra, Sesimbra...), ao Alentejo, à cidade do Porto...


Registra também impressões de exposições, fragmentos de livros...


Também registra minhas impressões do país e das pessoas que encontrava.
Parei de escrever meu Diário de Portugal no início de junho de 2004, quando viajei à Itália. Dela, registrei apenas o primeiro dia...


2 comentários:

M disse...

cadernos afetivos....
que bacana!

eu ainda tropeço e descaminho pelas velhas agendas que se perpetuam....
já vencidas de anos anteriores....
mas os escritos ficam... e os registros não querem ir...
hj mesmo estou a penerar minha última... trocar em miúdos o que passará de mim para este novo momento... noutras folhas em branco...
e a velha agenda se desfacerá em cinzas com o vento com as palavras pensamentos que insistiram em se fixar em algum lugar fora de mim......
novas folhas em branco escreverão novos eus futuros........

gostei da idéia de cadernos... e afetivos... mesmo que costurados a mão... são menos frios que as agendas compradas e coloridas pro mãos deconhecidas.....

Márcia disse...

adorei a idéia dos cadernos afetivos e esta onda de afetividade que permeará a todos. dei de presente o que eu comprei e agora acho que vou ter que comprar outro pra participar da história ...